Ao longo dos últimos anos Brasil e China intensificaram suas relações comerciais, o que consequentemente culminou em um aumento substancial no número de cidadãos brasileiros que viajam periodicamente para a China, assim como de chineses que viajam para o Brasil. Seja a turismo, negócios, estudos ou trabalho, é fundamental que o solicitante tenha certeza de que o tipo de visto que irá solicitar está adequado ao objetivo de sua viagem. Caso contrário, a solicitação poderá ser negada, o que gera atrasos e prejuízos ao planejamento do solicitante, sobretudo, quando o propósito for desenvolver alguma atividade laborativa na China. Outra questão importante diz respeito a necessidade de autorizações de algum órgão chinês. No caso do solicitante que irá aplicar o visto Z, por exemplo, será necessário a emissão de uma licença de emprego ou uma licença de trabalho para especialistas estrangeiros que será emitida pela Administração Estatal de especialistas da China.

visto para china

Tipos de vistos

Assim como o Brasil, a China dispõe de diversos tipos de vistos que são categorizados de acordo com o objetivo de viagem, sendo os principais:

  • Visto C
  • Visto D
  • Visto F
  • Visto G
  • Visto J1
  • Visto J2
  • Visto L
  • Visto M
  • Visto Q1
  • Visto Q2
  • Visto R
  • Visto S1
  • Visto S2
  • Visto X1
  • Visto X2

Diante da ampla gama de opções de vistos, abordaremos de forma sucinta os que são requisitados com mais frequência. São eles:

Visto F

O visto F para China é adequado para o viajante brasileiro que tenha como objetivo realizar uma das seguintes atividades:

  1. Intercâmbio
  2. Visita
  3. Estudos
  4. Outras hipóteses que deverão ser previamente verificadas pela repartição consular correspondente a jurisdição onde o requerente irá aplicar o visto.

Alguns dos requisitos necessários para aplicar o visto F são:

  • Passaporte original, com validade mínima de seis meses e páginas em branco;
  • Formulário aplicável;
  • Foto;
  • Caso já tenha obtido no passado um visto chinês, cópias do antigo passaporte que contenham o visto e as entradas no país;
  • Carta convite contendo os dados de qualificação do viajante, assim como do órgão convidante;
  • Taxa consular.

Visto L

O visto L para a China é indicado para o viajante brasileiro ou estrangeiro, a depender da nacionalidade, que tenha como objetivo realizar turismo na China.

  • Passaporte original, com validade mínima de seis meses e páginas em branco;
  • Formulário aplicável;
  • Foto;
  • Documentos que comprovem o itinerário que será realizado na China.
  • Taxa consular.

Visto M

O visto M é indicado para o viajante brasileiro que tenha como objetivo realizar atividades comerciais na China.Para solicitar o visto M, o requerente deve estar preparado para apresentar os seguintes documentos:

  • Passaporte original, com validade mínima de seis meses e páginas em branco;
  • Formulário aplicável;
  • Foto;
  • Documentos que possam comprovar as atividades comerciais que serão desenvolvidas na China, como por exemplo, a carta convite expedida pelo parceiro comercial chinês.
  • Taxa consular.

Visto Z

O visto Z é aplicável para o viajante brasileiro que tenha como objetivo trabalhar na China.Assim, o solicitante deverá ter atenção redobrada na preparação dos documentos necessários para aplicar esse tipo de visto. A não observância dos requisitos exigidos poderá ter como consequência a negativa do pedido, gerando atrasos para o requerente.Em geral, os documentos que devem ser apresentados para a solicitação do visto Z por cidadãos brasileiros são:

  • Passaporte original, com validade mínima de seis meses e páginas em branco;
  • Formulário aplicável;
  • Foto;
  • Taxa consular;
  • Um dos seguintes documentos deve também deverá ser apresentado:

– Licença do Emprego para Estrangeiros emitida por autoridade chinesa dos recursos humanos e previdência social, e carta de convite emitida pelas entidades autorizadas ou carta de confirmação emitida pelas entidades chinesas competentes;

– Licença do Trabalho para Especialistas Estrangeiros na China emitida pela Administração Estatal de Especialistas Estrangeiros, e carta de convite emitida pelas entidades autorizadas ou carta de confirmação emitida pelas entidades chinesas competentes;

– Certificado de Registro de Representações Residentes de Empresas de países estrangeiros (regiões), emitido pelas autoridades chinesas de administração industrial e comercial, e carta de convite emitida pelas entidades autorizadas ou carta de confirmação emitida pelas entidades chinesas competentes;

– Documento de aprovação para apresentações artísticas comerciais emitido pelas autoridades chinesas para assuntos culturais ou carta de convite emitida pelas entidades autorizadas ou carta de confirmação emitidas pelos departamentos dos assuntos exteriores dos governos provinciais;

– Carta de convite para Estrangeiros para Operações Petrolíferas Offshore na China A presença do solicitante na repartição consular chinesa onde aplicará o visto é obrigatória.Importante: O oficial consular sempre que entender necessário poderá solicitar documentos adicionais.

Obtenção de documento de residência para portadores de Visto Z

Os portadores do visto Z, deverão solicitar junto a Administração de Entrada e Saída do Governo Local seu documento de residência.